Quer emagrecer pelas razões certas?

Caro leitor:  quer emagrecer?

Esta é uma pergunta com resposta quase óbvia para a maior parte dos leitores do nosso blog: SIM!

Já parou para pensar porquê? será pelas razões certas?

Muitas pessoas querem emagrecer pelas razões erradas:

  • Para gostarem mais delas próprias;
  • Para se parecerem mais (ou menos) com certa pessoa;
  • Para poder vestir as “roupas dos 20 anos”;
  • Para se valorizarem e afirmarem;
  • Ou será apenas para terem uma meta mais alcançável, do que outros aspetos que gostariam de mudar na sua vida?

Não é raro encontrar pessoas que já fizeram literalmente de tudo para emagrecer:

  • Deixaram de comer;
  • Passaram dias a beber só sumos, seiva e chás;
  • Esgotaram-se em idas diárias ao ginásio;
  • Pagaram suplementos, medicamentos, cremes e massagens milagrosos…

E para quê? Para se tornarem pessoas mais tristes, deprimidas, ansiosas, frustradas, compulsivas, revoltadas, agressivas, insatisfeitas ou simplesmente resignadas e doentes. É verdade, tudo o que é extremo pode pô-lo doente, temporária/ ou definitivamente. Quem não tem um amigo que depois de emagrecer 40kg se tornou diferente? Isto é uma realidade, não só porque certos medicamentos usados para emagrecer podem mesmo potenciar estados depressivos, como uma restrição continua lhe pode tirar a alegria de viver, como se estivesse acorrentado à sua própria “vontade”.

Será que depois de magro vai resolver as suas insatisfações? Não. 

Estas não são as razões certas para emagrecer. São motivos que o levam a tomar atitudes extremas, que nunca duram para sempre e com certeza será só mais uma dieta, mais uma tentativa falhada a contribuir para o insucesso das próximas… Então para quê emagrecer??

A resposta é simples e deve ser a nossa principal motivação:

Para ser e estar mais saudável, para ter saúde (física e psicológica)!

Para influenciar positivamente os que ama, para ver os seus filhos crescer e conseguir acompanhá-los.

Para viver com qualidade.

   É isto que transmitimos nas nossas consultas de nutrição e psicologia.

 Nós damos-lhe a mão para que possa dar os passos para esta mudança. Nada nem ninguém o irá fazer por si. Nenhuma massagem, creme, medicamento, suplemento, batido, nutricionista, treinador, psicólogo o vai fazer mudar se não quiser (mesmo). O poder está em cada um de nós. Só precisamos de encontrar as ferramentas certas para nos ajudar.

Com este artigo queremos simplesmente transmitir-lhe que não há “a dieta ideal”, “a nutricionista ideal”,  “o exercício ideal”, “a receita ideal” para o fazer. Tudo depende da sua força de vontade para tratar de si. Afinal se não tratarmos de nós quem tratará? Não espere a doença chegar. Faça-o por si e pelos que ama. Nós ajudamos.

Logo-06