Trocas inteligentes no Verão

Como vai caro leitor?

Estamos em pleno verão, a maior parte das pessoas goza as suas férias durante este mês. O agosto é o mês oficial da praia, dos dias agitados, dos convívios com os amigos, das festas… por toda essa agitação é fundamental que adapte a sua alimentação às novas rotinas. Tome nota de algumas condições que deverá ter em conta, mesmo em férias:

  • Fraccione a sua alimentação: Os seus dias são mais longos e intensos, por essa razão deve comer várias vezes ao dia, por forma a controlar o apetite e a incentivar o seu corpo a “absorver” menos aquilo que come. Lembre por que razão o jejum é inimigo do emagrecimento. Se tiver pouca imaginação para os lanches, inspire-se neste artigo Lanches saudáveis.
  • Hidrate-se: A hidratação é fundamental ao bom funcionamento celular, mas também à excreção de resíduos através da urina. É normal fazer mais excessos, mas não se esqueça que tem de beber água para ajudar a eliminá-los. Lembre ainda que as bebidas alcoólicas favorecem a desidratação, caso as consuma deve sempre reforçar o consumo de água em seguida (2 copos de água para 1 copo de vinho). Relembre os artigos de interesse: Água e Hidratação; Tisana diuréticas; Retenção de líquidos.
  • Reforce os antioxidantes! No verão, o sol é o principal oxidante, ou seja, estimula a produção de radicais livres que “danificam” as células. Cabe-nos prevenir e proteger o nosso corpo desse danos. Também o álcool, os alimentos ricos em açúcar/gordura e o tabaco são fortes oxidantes. Porém, a natureza pensa em tudo! As frutas e vegetais da época são especialmente ricos em antioxidantes fortes, veja a imagem seguinte:In: decoproteste.com
  • Compense pequenos excessos: É normal no verão fazer pequenos excessos, como uns petiscos, um gelado, a famosa bola de berlim. Não obstante, é fundamental que compense de imediato as calorias extra consumidas, não através de restrições exageradas, mas por exemplo com um jantar mais leve ou com mais algum exercício. Veja o artigo Como compensar pequenos erros e Jantares de compensação.
  • Saiba escolher e minimize os erros. Use sempre a máxima “Do mal o menor” e não “perdido por 100, perdido por 1000”. Quer isto dizer que se puder escolher um gelado de bola em copo e não em cone, uma mini bola de berlim, ou uma água em vez de um sumo, está a fazer boas escolhas. Consulte o artigo sobre petiscos saudáveis e veja mais alguns exemplos de trocas inteligentes na imagem que se segue:

Trocas inteligentes

  • Mantenha-se ativo! Estar de férias não significa estar parado, muito pelo contrário. Por vezes em férias gastamos mais calorias do que no dia a dia, mesmo indo ao ginásio e porquê? porque não paramos: caminhamos até à praia, nadamos, brincamos com as crianças, jogamos à bola, passeamos na avenida depois do jantar… todas as atividades contam para gastar calorias!
  • Faça almoços saudáveis! Evite as tradicionais sanduíches, são práticas mas vão deixá-lo com fome rapidamente e terá de comer várias ao longo do dia. Faça um wrap caseiro de farinha de aveia com sementes e recheie-o com carne/peixe/ovo e vegetais. Veja aqui a receita. Pode sempre optar por levar consigo uma salada, bem acondicionada num recipiente térmico. Atenção aos molhos, opte por molho de iogurte ou queijo quark.

Lembre-se que as férias são para descansar e não para estragar a sua saúde com comida e bebida em excesso. É na moderação que está a virtude. Bom descanso!