Testemunho #35: “Tenho vontade de fazer mais coisas boas por mim!”

Como vai caro leitor? Voltamos para mais um testemunho Diário de uma Dietista. Tem acompanhado as histórias dos nossos pacientes? Deixe-se inspirar! O bem não acontece só a outros. Não é “um milagre” que acontece de um dia para outro, mas com o acompanhamento certo e com dedicação, também vai conseguir atingir os seus objetivos.

No Diário de uma Dietista tratamos a pessoa: Não fazemos dietas, mudamos hábitos.

Nutrição é sinónimo de SAÚDE e não de DIETA

Apresentamos-lhe mais um caso de sucesso:

PS, mulher 36 anos, recorreu aos nossos serviços em fevereiro de 2019 com o objetivo de perder peso mas também melhorar a sua alimentação/estilo de vida. 

Sentia-se mal com o seu corpo e tinha consciência que a causa do seu excesso de peso resumia-se aos seus maus hábitos alimentares e sedentarismo. 

Nunca teve problemas de saúde relevantes, contudo relatava falta de energia, cansaço cognitivo e trânsito intestinal irregular.

Em fevereiro 2019....

...tinha 76,5kg de peso dos quais 37,3kg eram massa gorda, com um volume abdominal de 96cm.

Em dezembro 2019...

...atingiu os 58kg de peso com 20,9kg de gordura e um volume abdominal de 73cm. O trânsito intestinal regularizou logo após a segunda consulta!

 

Conheça esta história na primeira pessoa:

1. Como conheceu o Diário de uma Dietista?

R: Tive conhecimento do Diário de uma Dietista através de pesquisa na internet e, nas redes sociais. 

2. O que a levou a marcar consulta?

R: Há já algum tempo que não me sentia bem comigo mesma. Sabia que precisava de ajuda para mudar o meu estilo de vida e a minha alimentação. Por este motivo, no início de 2019, após descobrir o Diário de uma Dietista e, ao ler os vários artigos interessantes no Blog, as receitas sugeridas, as explicações muito claras sobre o que é a nutrição e, claro, os testemunhos dos casos de sucesso, ganhei coragem e, marquei uma consulta.

3. Conte-nos a sua história, como se sentia antes de vir à consulta?

R: Sempre comi de tudo e, nunca fui muito de “fazer dietas”. Talvez porque a única vez que o fiz foi de tal forma drástica e restritiva, que se tornou impensável para mim continuar a (não) alimentar-me dessa forma. Desde aí jurei nunca mais voltar a fazê-lo! No entanto e, com o passar dos anos, fui sentindo cada vez mais a necessidade de que tinha mesmo que mudar a minha alimentação, não só pela questão estética, mas essencialmente pela minha saúde (física e emocional).

4. Que objetivos  atingiu? O que aprendeu/mudou?

R: Na primeira consulta constatei que tinha muito mais peso do que aquilo que eu achava que tinha (há 2 anos que não me pesava).

Nesse momento pensei mesmo que não ia conseguir atingir os objectivos propostos mas, além de os ter conseguido atingir, ainda os ultrapassei! E, o melhor de tudo é que, em nenhum momento, “passei fome” ou senti que estava a “fazer dieta”! Tudo fluiu naturalmente, sem grandes pressões, sem criar grandes expectativas e, ao longo dos meses, o meu corpo foi respondendo positivamente a estas pequenas/grandes mudanças que fui aprendendo.

Mudei mesmo a minha forma de ver e lidar com a comida e, neste momento, sou uma apaixonada pela alimentação saudável!

5. A sua saúde sofreu alterações? Se sim, quais?

R: Sim, totalmente! A maior diferença que sinto tem a ver com o funcionamento diário do meu trânsito intestinal, fazendo com que já não me sinta tão inchada como muitas vezes me sentia, o que me deixava muito desconfortável!

Sinto-me também com muito mais energia!

6. Como descreve a sua relação com a nutricionista?

R:  Uma relação de tranquilidade, confiança e respeito! A minha nutricionista sempre confiou e acreditou em mim e em nenhum momento me senti pressionada, julgada ou criticada! Pelo contrário, a Dra. sempre me transmitiu tranquilidade, estou muito grata pela sua ajuda e por todos os ensinamentos!

7. Como se sente a nível psicológico/emocional após o tratamento?

R: Mais confiante! Sinto que ao alimentar-me correctamente e ao cuidar da minha saúde estou a dar amor a mim própria!

Isso faz com que me sinta em paz comigo mesma e com vontade de fazer muito mais coisas boas por mim!

8. Voltaria a recorrer ao nosso acompanhamento? porquê?

R: Sem dúvida que sim! Porque somos mesmo acompanhados por profissionais que nos explicam tudo detalhadamente e nos ajudam de verdade.

9. O que distingue o Diário de uma Dietista de outros serviços de nutrição?

R: Primeiro que tudo, a reeducação alimentar que, verdadeiramente, nos ensinam!

Depois todo o acompanhamento semanal que permite que possamos ir ajustando a nossa ementa ao nosso gosto e assim ir colocando todas as nossas dúvidas.

Também o facto do preço das consultas serem minimamente acessíveis, tendo em conta outros serviços de nutrição.

Outro factor positivo para mim, foram as dicas da nutricionista que me ajudaram a perceber que alimentação saudável não tem, propriamente, que ser comida mais dispendiosa ou sem sabor, muito pelo contrário!!

A equipa Diário de uma Dietista agradece o e que reflete na integra o nosso trabalho!