Testemunho #36: “…sem chás nem comprimidos”

Como vai caro leitor? Voltamos para mais um testemunho Diário de uma Dietista. Tem acompanhado as histórias dos nossos pacientes? Deixe-se inspirar! O bem não acontece só a outros. Não é “um milagre” que acontece de um dia para outro, mas com o acompanhamento certo e com dedicação, também vai conseguir atingir os seus objetivos.

No Diário de uma Dietista tratamos a pessoa: Não fazemos dietas, mudamos hábitos.

Nutrição é sinónimo de SAÚDE e não de DIETA

Apresentamos-lhe mais um caso de sucesso por acompanhamento online! Um verdadeiro exemplo de que quando a motivação existe, fazemos uma equipa invencível!

MA, recorreu aos nossos serviços em agosto de 2019 para perder o peso que há muito vinha ganhando, sem conseguir inverter este ciclo. Diversos problemas de saúde do foro autoimune, associados a doenças crónicas e medicação extensa, não auguravam um “caso fácil”.

Este foi de facto o meu primeiro pensamento! Mas enganei-me, pois encontrei uma pessoa motivada, determinada a tratar de Si sem pressas, a ultrapassar barreiras e celebrar pequenas vitórias, aderindo a tudo o que lhe foi proposto a nível nutricional. Sem medo de experimentar novos alimentos e confeções, sem tabus nem preconceitos em relação à alimentação.

E os resultados foram fantásticos! Além de ter melhorado as suas análises clínicas, teve uma mudança significativa nos seus sintomas “habituais”, determinantes do seu bem-estar e qualidade de vida!

Em agosto 2019....

...tinha 69,9kg com um perímetro abdominal de 100cm.

Em março 2020....

...atingiu os 58,5kg com menos 11cm de cintura!

 

Conheça esta história na primeira pessoa:

1. Como conheceu o Diário de uma Dietista?

R: Durante as férias, através de pesquisa na internet encontrei o blog “Diário de uma Dietista”.

2. O que a levou a marcar consulta?

R: Sentir dia após dia o peso a aumentar, embora fizesse um grande esforço por controlar a alimentação começou a causar-me algum stress. Sentia que alguma coisa estava errada e por muito que me esforçasse e tentasse fazer uma alimentação saudável, não conseguia reduzir nem um centímetro, nem perder um grama de peso, pelo contrário.

3. Conte-nos a sua história, como se sentia antes de vir à consulta?

R: Devido a alguns problemas de saúde, tenho necessidade de fazer uma medicação bastante extensa. Essa medicação contribuiu para o aumento de peso, volume, retenção de líquidos. Sentia-me pesada, inchada, com os pés e joelhos a ressentirem-se com o aumento de peso. Não me sentia bem… parecia que tinha “extensões” que não me pertenciam.

4. Que objetivos  atingiu? O que aprendeu/mudou?

R:  Atingi os objetivos a que me tinha proposto, ou seja, mudar os hábitos alimentares e reduzir o peso/volume. Passei a incluir outro tipo de alimentos no meu dia-a-dia, cozinhando e organizando facilmente o plano da semana de forma equilibrada e nutritiva sem esquecer o aroma/sabor. Como gosto muito de cozinhar tornou-se também um desafio ir experimentando novos pratos, novas receitas. 

5. A sua saúde sofreu alterações? Se sim, quais?

R: Com os novos hábitos alimentares consegui reduzir o colesterol, o que fez com que deixasse de tomar a medicação e também me sinto menos inchada diariamente. São novos hábitos que já considero “meus”, para a vida. Tenho alguns problemas de saúde que me “aborrecem”, mas sinto-me uma pessoa mais saudável, mais leve, em todos os sentidos.

6. Como descreve a sua relação com a nutricionista?

R:  Uma relação de confiança e apoio constante. Palavras de estímulo e acompanhamento, incentivo, esclarecendo as dúvidas que colocava. Sempre que necessário o plano alimentar era ajustado, de modo a prosseguir o caminho. 

 7. Como se sente a nível psicológico/emocional após o tratamento?

R: Sinto-me feliz, muito feliz.

8. Voltaria a recorrer ao nosso acompanhamento? porquê?

R: Se voltar a precisar sem dúvida, sem hesitar.

9. O que distingue o Diário de uma Dietista de outros serviços de nutrição?

R: O plano alimentar foi indicado para mim, para o meu caso e ajustado sempre que necessário.  A mudança de hábitos alimentares não implicou passar fome, não incluiu chás nem comprimidos.  O plano do diário de uma dietista, ensina, dá-nos o conhecimento necessário para continuar o caminho para a vida de forma saudável, percebendo e controlando o que o nosso metabolismo precisa diariamente.

A equipa Diário de uma Dietista agradece o e que reflete na integra o nosso trabalho!