Receita da semana #45 – Tremoço

Caro leitor,

gosta de tremoços? Quem não gosta de estar numa esplanada a apanhar uns raios de sol com sua imperial e pratinho de tremoço?  E será que sabe o que é? Será uma fruta? um vegetal? um grão? um cereal?

O tremoço

O seu nome deriva do árabe al-turmus. Pensa-se que foram trazidos para a Europa pelos Romanos, sendo hoje um aperitivo comum nas esplanadas mediterrânicas.

Lupina ou Tremoceiro

Em termos botânicos, o tremoço é a semente contida na vagem do tremoceiro, do gênero Lupinus. É portanto uma leguminosa, tal como o feijão, grão, fava e ervilha.

É de destacar que, em cru, apresentam alcalóides neurotóxicos, responsáveis pelo sabor amargo. Deste modo, só podem ser consumidos depois de cozidos e passado por várias águas. A cozedura inativa enzimas e elimina o poder germinativo. A passagem do tremoço por várias águas (lixiviação) retira-lhe o sabor amargo e os alcalóides. Este tratamento é feito industrialmente, pelo que o produto vende-se já cozido e conservado em salmoura.

Propriedades nutricionais

Sendo uma leguminosa, o tremoço apresenta características nutricionais semelhantes a outras da sua família:

Nutrientes/100g Feijão frade Grão Fava Ervilha Tremoço Lentilha
Energia (kcal) 116 121 81 106 117 108
Proteínas (g) 8,8 8,4 7,9 6,4 16,4 9,1
Glícidos (g) 18,1 16,7 10,7 18,1 7,2 16,7
Lípidos (g) 6,7 2,1 0,6 0,4 2,4 0,3
Fibra (g) 4,7 5,1 5,0 5,1 4,8 4,4

Fonte: Tabela Portuguesa da Composição dos Alimentos, Instituto Ricardo Jorge, 2008. Nota:  Os valores nutricionais são para as leguminosas secas, cozidas.

Leia também Tudo o que deve saber sobre: Leguminosas

Contudo, o tremoço distingue-se das demais leguminosas pelo seu baixo teor em hidratos de carbono e por ser rico em proteínas (incluindo o aminoácido essencial lisina). Sendo também uma boa fonte de fósforo, cálcio, potássio, manganês, zinco, vitamina E e  do complexo B (especialmente ácido fólico, essencial na gravidez).

No que diz respeito à composição em termos de gordura, a sua grande maioria – 86% -, é composta por gorduras insaturadas, nomeadamente ácido oleico, que é também encontrado no azeite, e ácido linoleico, mais conhecido por ómega 6.

Pelo seu conteúdo nutricional em proteína, o tremoço é frequentemente incluido em dietas vegetarianas, como substituto da carne e peixe. Por outro lado, é isento de glúten, sendo bem tolerado por todos. O seu conteúdo em fitoquímicos faz com que seja considerado um alimento funcional ou “superalimento“.

Assim, são-lhes atribuídos os seguintes benefícios para a saúde:

  • Regulação da glicémia (açúcar do sangue), com vantagem para os diabéticos
  • Controlo dos níveis de colesterol, triglicéridos e da pressão arterial
  • Controlo do peso, através da regulação do apetite e do seu baixo índice glicémico
  • Estimulação e regulação do trânsito intestinal.
  • Proteção da flora intestinal saudável

O inconveniente do tremoço é elevada quantidade de sal proveniente da salmoura em que são conservados, chegando uma porção de 60g a atingir ¼ da dose máxima diária recomendada (5g).  Ao comprá-los, deve estar atento ao rótulo, escolhendo os com menor teor de sal, mas também demolhá-los em várias água antes de consumir.

Artigo recomendado: Entradas e petiscos saudáveis

Informação nutricional para 60g = 1 pires de tremoços:

70kcal

1,4g de gordura

4,3g de hidratos de carbono

0,3g de açúcar

2,9g de fibra

9,8g de proteína

1,4g de sal

Em termos de aplicações, o tremoço é um alimento versátil. Para além de aperitivo ou petisco, pode ser utilizado para fazer patês ou outros produtos transformados, como croquetes, por exemplo. Sob a forma de farinha, pode ser utilizado na produção de bolachas, pão, biscoitos e massa. Vamos às receitas saudáveis e improváveis:


Patê de Tremoço

Receita Jumbo Vida Saudável 

Informação nutricional por porção (20g = 4c. chá)

FÁCIL /MENOS DE 30 MINUTOS /10 PESSOAS

Ingredientes
  • 100g tremoços descascados
  • 100g abacate
  • 10ml azeite
  • 25g avelãs tostadas (opcional)
  • q.b. sumo de limão
Preparação
  1. Triture os tremoços em conjunto com o abacate e o azeite até fazer uma pasta.
  2. Toste as avelãs numa frigideira, sem adicionar gordura.
  3. Pique as avelãs e adicione-as à pasta.
  4. Adicione o sumo de limão que desejar.
  5. Tempere com especiarias e ervas aromáticas a gosto.

Queijo de Tremoço

Receita adaptada de Blog Tomilho-Limão

Ingredientes
  • 250 g tremoços sem casca
  • 30 g azeite, mais q.b. para untar
  • sumo de 1/2 limão
  • 1 col. chá de sal
  • 1 col. chá de alho em pó
  • 1 pitada de noz-moscada
  • 20 g levedura de cerveja
  • 360 g água
  • 15 g de ágar-ágar
  • 30 g amido de milho
Preparação
  1. Com a varinha triture os tremoços, o azeite, 20 g de sumo de limão, o sal, o alho, a noz-moscada e a levedura. Baixe com a ajuda de uma espátula o que ficou na parede do recipiente e reserve.
  2. Misture a água, o ágar-ágar e o amido e coza, deixando ferver e mexendo por 6 minutos.
  3. Adicione a pasta de tremoço reservada e misture 30 seg, mexendo.
  4. Retire para um recipiente untado com azeite e deixe arrefecer.
  5. Leve ao frigorífico cerca de 2horas ou até solidificar.
  6. Desenforme no momento de servir.

Burguer de lentilhas com tremoços e millet

Receita adaptada de Blog Sabor Alma e Cor

Ingredientes
  • 1 Chávena de millet demolhado de véspera
  • 1 Chávena de lentilhas demolhadas de véspera
  • 1/2 Chávena de farinha de aveia
  • 1/2 Chávena de farinha de espelta
  • 1/2 Chávena de tremoços sem casca
  • 1 cebola pequena
  • 1 dente de alho
  • Azeite q.b.
  • Flor de Sal q.b.
  • Especiarias: pimentão doce, cominhos, gengibre fresco, curcuma
  • Ervas Aromáticas: coentros, salsa ou manjericão
Preparação
  1. Para fazer o millet colocar num recipiente 3 partes de água para 1 parte do cereal. Adicionar o millet depois da água levantar fervura e cozer durante 30 minutos ou até a água ser absorvida. Reservar.
  2. Para fazer as lentilhas ver Receita da Semana – Lentilhas
  3. Num tacho ou wok colocar um pouco de azeite, a cebola cortada finamente e o alho picado fazendo um refogado para juntar à massa do preparado com as lentilhas e reservar.
  4. Juntar os tremoços descascados, com as farinhas de aveia e espelta e triturar durante 1 minuto.
  5. Depois juntar este preparado às lentilhas, juntamente com o refogado e o millet para fazer uma ligação entre todos os ingredientes.
  6. Temperar com um pouco de flor de sal, cominhos, pimentão doce, gengibre fresco, amassar a massa até se despegar dos dedos, se quiser pode colocar um pouco de azeite nas mãos e moldar pequenos burgueres para levar ao forno a 150º uns 20 minutos ou cozinhar numa frigideira com um pouco de óleo de coco.