5 Substitutos do café

Caro leitor, como vai?

Foi há pouco que publicamos o artigo Tudo o que deve saber sobre: Café

Concluimos nesse artigo…

Que o consumo de café em doses de 3 a 4 chávenas “americanas” (240ml) por dia parece ter mais benefícios do que prejuízos para a saúde global. Contudo, existem grupos de risco, tais como grávidas, mulheres com risco de fratura (pós-menopausa?), doentes cardíacos, hipertensos, pessoas sensíveis à cafeína (ex. ansiedade, depressão, stress crónico), pacientes medicados com substância que interagem com a cafeína (ex. antidepressivos) que beneficiam da sua exclusão. Aconselhe-se com o seu médico e mesmo sendo saudável, não ultrapasse os 3-4 espressos por dia.

Contudo, existem substâncias bastante saudáveis, que apresentam menores riscos para a saúde, são menos ácidos, mais antioxidantes e também possuem efeito energizante! Vamos saber quais:


1. Camellia sinensis:

O seu nome comum é Planta do Chá. Deste arbusto obtêm-se vários tipos de chás, entre eles o preto, verde, branco, vermelho, oolong, pu’er, etc.

Chá verde

Distinguem-se entre si pelos processos de secagem e de oxidação (escurecimento das folhas devido à quebra de clorofila), o que determina uma ampla gama de sabores e aromas.

  • Chá verde: Produz uma mistura de cor verde jade e um suave e relaxante odor a folhas frescas. É o menos oxidado e, por isso, preserva uma maior quantidade de catequinas, um fitonutriente com uma forte ação antioxidante.
  • Chá preto: É o mais aromático e o mais forte. As suas folhas em água a ferver produzem uma bebida castanha avermelhada com um aroma semelhante ao do malte. É também o mais rico em teína (efeito semelhante à cafeína.
  • Chá oolong: Considerado uma variedade intermédia entre o verde e o preto, pode apresentar três fases de oxidação, designadamente ligeira, moderada ou completa.
  • Chá branco: Resulta da mistura de chá com folhas jovens, que não sofreram efeitos de oxidação. É o mais suave e delicado e também o mais caro e difícil de encontrar.

Propriedades: Antioxidante /proteção cardiovascular/ diminuição do mau colesterol/ anticancerígeno/ Estimulante / Antifúngico / proteção de cáries dentárias/ adstringente/diurético/expetorante/ digestivo/anti-inflamatório/ analgésico.

Toxicidade: Estimulação cardíaca, da glândula tiróide e do sistema nervoso central (SNC). Pode desencadear anemia e obstipação (consumo excessivo e prolongado), hepatotoxicidade assim como agitação, irritabilidade, insónia, palpitações, vertigens, cefaleias, perda de apetite, vómitos e diarreia. Não exceder os 300mg/dia (grávidas).

Precauções: Pode diminuir a eficácia de muito medicamentos de administração oral (Varfarina, Antineoplásicos, Pílula contracetiva, Estimulantes do SNC, etc.).


 2. Matcha:

A Matcha consiste num chá verde, originário do Japão, e é apresentado sob a forma de um pó esverdeado.

Matcha

Assim como o chá verde e o chá preto, o pó de matcha é extraído da planta camellia sinensis. A matcha é obtido a partir das folhas mais jovens do chá verde, originadas de plantações protegidas da exposição solar. Após recolha, as folhas são trituradas muito lentamente num moinho de pedra, até que estejam reduzidas a pó.

Propriedades: Energético/ combate a fadiga/ melhora a concentração e estado de alerta/ melhora a performance desportiva/ antioxidante (anti-envelhecimento e antinflamatório)/ diurético/ saciante/ anti-stress/ regulador do colesterol, da glicémia e do trânsito intestinal.

A toxicidade e precauções são semelhantes ao anterior.


 3.Maca:

A maca (Lepidium peruvianum), também conhecida pelos nomes populares maca-peruana ou maca dos Andes, ginseng peruano, maca-pó, maca-ginseng ou planta-maca, é uma planta de propriedades únicas, em virtude da sua riqueza nutricional em

Maca – raiz

vitaminas , fibras, sais minerais, aminoácidos, óleos essenciais, fitoesteróis e outros compostos ativos antioxidantes. É da família do nabo e vulgarmente utilizada na forma de pó (maca em pó).

Uma das suas principais utilizações é como estimulante energético natural, ajudando a combater a fadiga, melhorar os níveis de concentração e motivação, e melhorar a performance desportiva. É por isso um ótimo substituto do café!

Propriedades: Energético/ combate a fadiga/ melhora a concentração e estado de alerta/ melhora a performance desportiva/ estimulantes da líbido (afrodisíaco) / auxiliar da fertilidade (produção de espermatozóides)/ antioxidante / combate a hiperplasia da próstata/ diminui a tensão pré-menstrual/ reduz sintomas da menopausa / regula o ciclo menstrual

 

O consumo regular de maca em pó, como suplemento de uma alimentação saudável e equilibrada, é um potencial auxiliar do tratamento da osteoporose, hipertensão arterial e diabetes, ajudando a fixação de cálcio nos ossos, melhoria da circulação sanguínea e regulação dos níveis de açúcar no sangue.

A maca pode ser utilizada de várias formas, sendo muito pratica quando utilizada em pó, adicionada a sopas, iogurtes, batidos, sumos ou sobremesas.

Apesar de não estarem descritos efeitos secundários, não é recomendado o seu uso durante a gravidez e amamentação.

Experimente os deliciosos blends de maca da iswari como  a Macarroba (maca + alfarroba).


4.Ginseng:

O ginseng (Panax ginseng) é uma raiz muito utilizada na medicina tradicional chinesa.

Ginseng root

Em termos nutricionais  é uma boa fonte de  vitaminas B1, B2 e B3, que atuam no metabolismo da glicose (açúcar), das gorduras e das proteínas, ou seja, ajuda o organismo a utilizar os nutrientes.  É ainda uma fonte de vitamina B12, presente apenas em alimentos de origem animal, essencial à formação dos glóbulos vermelhos e ao sistema nervoso.

Tanto a planta, a raiz, como o caule contêm ferro que previne a anemia; cobalto e magnésio essenciais à neurotransmissão; manganês, um antioxidante e cobre, que ajuda na absorção do ferro.

Além de todas estas funções,  a principal propriedade do ginseng deriva da presença de saponinas que têm um forte efeito antinflamatório!

Propriedades: Energético/ estimulante/ combate a fadiga/ melhora a concentração e estado de alerta/ reduz o colesterol/ auxilia a circulação e a vasodilatação/ antinflamatório/  anti-envelhecimento/ anti-stress.

Precauções: Em casos raros, foram relatadas reações gastrointestinais ligeiras e passageiras (tais como náusea, dor no estômago, diarreia) e insónia, possivelmente relacionados com o produto. Raramente foram relatadas reacções alérgicas. Não aconselhado a crianças com menos de 12 anos, gravidas e durante o aleitamento.

Interações: Existem poucos relatos de casos. No entanto, usar o ginseng com cautela com os seguintes medicamentos: medicamentos antidiabéticos/insulina, medicamentos antipsicóticos, cafeína e outros estimulantes, furosemida, imatinib, inibidores da monoaminoxidase e nifedipina. Relatos de interações com varfarina e antivirais revelaram-se conflitantes.


5. Erva-mate:

A erva-mate (Ilex paraguariensis) também conhecida como mate ou congonha, é comercializada como chá-mate.

Erva Mate

Possui cafeína, teofilina, teobromina, ácido fólico, taninos e vitaminas A, B1, B2, C e E, e por isso atua como antioxidante, diurético, laxante suave, estimulante e afrodisíaco.

Propriedades: Combater o colesterol mau e aumentar o colesterol bom (HDL) / diminuir a taxa de glicose no sangue / saciante/ estimular a função cerebral / melhorar a circulação sanguínea / facilitar a digestão / antinflamatório/ energético/ estimulante/ combater a fadiga/ melhorar a concentração

Precauções: sensibilidade à cafeína (taquicardia, hipertensão e insónia) e estimulador da tiróide. Não é indicado na gravidez e aleitamento, nem para crianças.


Como energéticos e fontes de teína, recomenda-se no máximo 2 chávenas de chá, por dia destas 5 plantas.