Prevenir gripes e constipações

 

Como tem passado caro leitor?

 

Hoje temos um artigo de interesse para todos os que se constipam facilmente, ou são suscetíveis a “viroses” comuns no início do Outono. 

Nesta época do ano estamos mais suscetíveis às tradicionais doenças da estação: gripe, constipações e “viroses”.

A temperatura ambiente ideal para o ser humano situa-se entre os 18 e os 22ºC.

Durante o outono/inverno, mesmo em climas temperados, as temperaturas exteriores descem de forma significativa, principalmente à noite. Deste modo, o nosso organismo faz um esforço maior para manter os 36ºC de temperatura interna, gastando energia (calorias) e nutrientes recebidos dos alimentos. Esta é uma explicação para o aumento do apetite, especialmente por alimentos mais quentes, densos e calóricos. Ainda assim, esta não deve ser razão para comer mais, mas sim melhor!

 

Conheça alguns alimentos cujas propriedades nutricionais têm vantagens para a saúde, por serem protetoras ou preventivas, anti-inflamatórias, por promoverem o aumento do metabolismo e o aumento da temperatura corporal:

 Sopa:um prato nutritivo e reconfortante. Quentes e saborosas, fornecem vitaminas e minerais, assim como fibras que aumentam a saciedade, tendo em geral, menos de 100kcal por 100g. As sopas confecionam-se com uma grande variedade de alimentos, entre os quais abóbora, couve, alho-francês, espinafre, cebola, alho, ervilha, feijão, grão-de-bico, cenoura, batata-doce e beterraba. 
 

 Frutas: nesta estação convém escolher frutos cujo teor em Vitamina C  seja elevado, uma vez que esta é importante para o reforço das defesas. São exemplos principais: kiwi, romã, frutos vermelhos, morango, toranja e outros citrinos, papaia, ananás e abacaxi. Contudo, convém salientar que na variedade é que está o ganho, assim, deve variar o mais possível a ingestão de frutas! 

 Bebidas: o tempo frio pode não provocar muita sede, mas nesta estação hidratação também é fundamental. Há bebidas que têm propriedades importantes como, serem ricas em antioxidantes, serem digestivas e calmantes. Sugerimos o consumo de água morna e infusões de hortelã-menta, funcho, gengibre e camomila.

 Temperos: conferindo algum calor e muito sabor aos pratos, ajudam a reforçar as defesas, são exemplos, canela, açafrão, pimenta caiena, gengibre, coco ralado, azeite e vinagre balsâmico.

 Leguminosas: por serem ricas em proteínas e hidratos de carbono são um ótimo substituto da carne, do arroz, batata e massa. Cozinhe-as estufados com vegetais! São bastante mais saudáveis que os alimentos referidos, pois são isentas de gordura, ricas em fibras (saciantes) e de lenta absorção! Destacamos as lentilhas (de fácil digestão e ricas em fibras), a soja (rica em proteínas, cálcio, magnésio e cobre, vitaminas B e isoflavonas) e o tofu (derivado da soja).

 Peixe: não dispense um bom peixe grelhado ou assado no forno! Principalmente os peixes gordos(salmão, cavala, sardinha..) fornecem gorduras saudáveis (ómega-3) que são antinflamatórios naturais!

 Alcachofra: rica em vitamina C, ácido fólico, fibras, magnésio e potássio, além do fitoquímico cinarina, que promove a digestão e do flavonoide silimarina, que protege e auxilia o funcionamento do fígado. Experimente assá-la no forno, é deliciosa!

 Cogumelos: fornecem selénio, vitaminas B e polifenois antioxidantes, ajudando o sistema imunitário a reconhecer e eliminar células nefastas.

 Iogurte:  rico em cálcio e probióticos, elementos fundamentais para o reforço do sistema imunitário através da promoção do equilíbrio da flora intestinal.

 Chocolate: o cacau é rico em compostos fenólicos com capacidade antioxidante superior! Consuma-o com moderação (10 a 20g por dia) e obtenha os benefícios e o prazer que merece! Outra sugestão é diluir até 2 colheres de sopa de cacau magro em pó em 200ml de água quente, irá usufruir de um prazer fantástico com poucas calorias!

 Mel: são amplamente conhecidas as suas propriedades como excelente antinflamatório natural! Use-o como substituto do açúcar, ou outras alternativas naturais como o agave e a stevia.

NOTA: Se tomou antibiótico não se esqueça de reavivar a sua flora intestinal, essencial para reforçar as defesas e evitar uma recaída. O ideal será tomar um probiótico em capsulas. Encontra-o em farmácias e dietéticas. Saiba mais no artigo Flora intestinal, laxantes e disbiose

Existem também algumas plantas que ajudam o sistema imunitário, portanto, não tratam, mas previnem:

  • Alcaçuz
  • Equinácea
  • Propólis
  • Ginseng
  • Curcuma
  • Gengibre
  • Alho cru
  • Gingko
  • Biloba
  • Maca
  • Xitaque (cogumelo)
  • Astragalo
  • Erva Moura 
  • Hortelã
  • Salsa

Estes são alguns exemplos que nos ajudam a ultrapassar o outono/inverno de uma forma mais saudável e descontraída! Usufrua dos "super-alimentos" que a natureza nos fornece. E já sabe, no controlo e na moderação é que está o segredo. Diversifique e terá o equilíbrio que deseja no peso, na saúde e na VIDA!