Dia Mundial da Alimentação – 16 de outubro

Caro leitor, sabe que dia é hoje?

16 de Outubro -

Dia Mundial da Alimentação

O dia 16 de outubro marca o dia da fundação da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), em 1945.
A celebração do Dia Mundial da Alimentação foi estabelecida em novembro de 1979 pelos países membros na 20ª Conferência da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. Neste dia realizam-se várias atividades relacionadas com a nutrição e a alimentação, com a participação de cerca de 150 países, incluindo Portugal. Todos as atividades e informações podem ser encontradas no site FAO.
Visitar site FAO

Objetivos do Dia Mundial da Alimentação

  • Alertar para a necessidade da produção alimentar e reforçar a necessidade de parcerias a vários níveis;
  • Alertar para a problemática da fome, pobreza e desnutrição no mundo;
  • Reforçar a cooperação económica e técnica entre países em desenvolvimento;
  • Promover a transferência de tecnologias para os países em desenvolvimento;
  • Encorajar a participação da população rural, na tomada de decisões que influenciem as suas condições de vida.
Este ano 2020, a FAO apresenta como tema:

"Cultivar, Alimenrar, Preservar. Juntos

"As nossas acções são o nosso futuro

Sob este tema a FAO pretende promover a alimentação saudável, sustentável, disponível e acessível para todos! Assim: países, decisores políticos, setor privado, sociedade civil e todos nós, devemos tomar medidas para o alcançar, trabalhando para #fomezero no mundo.

Neste dia pretende-se que todos façamos uma REFLEXÃO sobre a nossa alimentação, em termos não só de qualidade, mas de eficiência/ desperdício, origem (nacional?), gasto para o orçamento familiar, forma de produção/ distribuição e seu impacto ambiental. 

A história dos últimos séculos ditou um enorme crescimento do consumo de alimentos, principalmente de origem animal e seus derivados. Com o  desenvolvimento da indústria, o ser humano deixou de ter a sua “própria criação” de animais, para numa simples ida ao supermercado ter toda a variedade, graças à exploração agro-pecuária.

Mais! Para além do impacto ambiental que a exploração de animais traz (pegada ambiental), devido à massiva produção de  CO2 (dióxido de carbono) e à produção de resíduos para o solo, assistimos à excessiva exploração dos recursos marítimos, pondo em causa diversas espécies.

Não ficamos por aqui: a crescente população humana no mundo exige mais! A indústria responde com mais exploração, técnicas mais rápidas de crescimento e maturação (a que custo para a nossa saúde? e para o planeta?), introduzindo novos químicos, para que se faça “mais em menos tempo”.

Portanto, o que estamos a comer tem cada vez menos qualidade nutricional, principalmente vitaminas e minerais, mas, por outro lado, maior presença de fármacos e outros químicos.

Convidamo-lo a pensar um pouco sobre estas temáticas. Basta, hoje, ligar a TV para entendermos como é urgente TODOS fazermos alguma coisa, por nós e pelo futuro. Feliz Dia Mundial da Alimentação.