Livro Emagreça em Casa
24 Janeiro, 2016
1. Receita Emagreça em casa:
20 Fevereiro, 2016
Mostrar tudo

Alimentos anti-inflamatórios

Como vai caro leitor?lemon_and_mint-wallpaper-1366x768

Depois de um problema técnico que nos deixou 2 semanas sem publicar novos artigos voltamos com temas interessantes para que se mantenha sempre informado sobre nutrição & saúde.

 

Hoje falamos sobre alimentos anti-inflamatórios. Sim, porque não só os medicamentos o são! Todos nós beneficiamos em ter uma alimentação mais anti-inflamatória já que o nosso organismo é perito em produzir inflamação, potenciada pelo que comemos, bebemos, fumamos, pela exposição solar, pelo desporto que praticamos, etc. Os principais agentes inflamatórios do nosso organismo são os radicais livres, produtos do metabolismo que têm a capacidade de oxidar tudo à sua volta. Também a gordura (a dos alimentos e a nossa armazenada) é um potente inflamatório.

Atualmente, sabemos que a maior parte das doenças crónicas se devem a elevados níveis de inflamação. São exemplo as doenças cardiovasculares, alguns cancros, a diabetes e até a incómoda celulite (inflamação da célula que armazena gordura). Para combater e prevenir todas estas deve começar hoje a fazer uma alimentação anti-inflamatória! A intolerância ao glúten que está tão na moda, porque será que muitas pessoas “desincham” quando deixam esta proteína? Porque ela causa inflamação e como qualquer inflamação, causa edema (inchaço)!

Algumas das doenças que mais beneficiam de uma alimentação anti-inflamatória são as autoimunes como artrite reumatóide, asma, lúpus, eczema atópico, colite e  Crohn. Contudo, como disse anteriormente todos nós devemos procurar consumir alimentos mais anti-inflamatórios. Estes são conhecidos pelos seus efeitos anti-envelhecimento, anti-carcinogénicos,  potenciando a saúde da pele, da visão, do cérebro bem como a fertilidade, entre outros.

Vamos começar ao contrário.

Quais os maiores pró-inflamatórios a evitar?

  • Açúcar simplesGrãos e farinhas gluten
  • Gorduras saturadas e trans
  • Fritura ou alimentos queimados
  • Álcool
  • Carnes, lácteos e ovo (proteínas)
  • Carnes processadas (enchidos, embutidos e charcutaria)
  • Refrigerantes
  • Fast food
  • Glúten (Aveia não bio, trigo, centeio e cevada)

Alguns pró inflamatórios potentes causadores de doenças e degeneração celular são o sol (raios UV), o tabaco, as drogas, a medicação, a exposição a metais pesados (mercúrio através de peixes contaminados, cádmio, amianto…), o stress, a poluição, o excesso de desporto (sim, se é atleta deve fazer um suplemento de ómega-3 com vitamina E), o ganho de peso (obesidade), etc.

 

Vamos agora dar-lhe a conhecer os alimentos que contrariam esta tendência, assim como algumas plantas. Deve procurar introduzi-los na sua alimentação diariamente, limitando os pró-inflamatórios.

 

Quais os melhores anti-inflamatórios?

  • Frutas – especialmente as ricas em antioxidantes como o abacaxi, os frutos silvestres e roxos, as cerejas e todos os alimentos cor de laranja como os citrinos, pimentos, abóboras, cenouras, etc.
  • Oleaginosas, azeite e sementes – em particular a noz, o abacate e a chia, pela seu elevado teor em gorduras insaturadas. Leia também Gorduras que emagrecem.
  • Vegetais – pelo seu elevado teor em antioxidantes e bioflavonóides. Destes destacam-se o alho e a cebola crus, bem como os vegetais folhosos verde escuros como o espinafre!
  • Especiarias – a pimenta, o gengibre, o açafrão e a canela contêm potentes antioxidantes, não deixe de os consumir como tempero mas também em infusões.
  • Água alcalina.

alimentos-anti-inflamatc3b3rios-e-inflamatc3b3rios

 

Quais as plantas mais antinflamatórias?

  • Curcuma (açafrão)
  • Boswellia
  • Gengibre
  • Alecrimervas
  • Alho
  • Alcaçuz
  • Pimenta Caiena
  • Canela
  • Salsa
  • Manjericão
  • Urtiga Branca
  • Salgueiro Branco
  • Freixo
  • Harpago
  • Ulmária
  • Groselha negra
  • Café verde

 

Em conclusão…

Queremos obter um equilíbrio entre os pró e anti – inflamatórios. Eles podem de facto proteger-nos de diversas doenças ou mesmo da progressão de alguma que já tenha. Algumas estratégias simples para ter um dia mais “anti-inflamatório” é iniciar o seu dia com um copo de água com limão em jejum e fazer uma infusão de gengibre com pau de canela ao longo do dia! Não se esqueça de manter o intestino a funcionar para que a flora intestinal produza menos tóxicos (leia Prisão de ventre, inchaço e flatulência).

Não menospreze o valor a nutrição. Trate de si.

Logo-03

 

Alimentos anti-inflamatórios

Tempo de leitura: 3 min

Tenha acesso aos artigos mais recentes no seu email!